skip to Main Content
(11) 3637-1488 Whatsapp Fale Conosco

Pensando em aumentar o tamanho da sala, instalar novos armários na cozinha, mudar o visual do banheiro e melhorar a área de serviço? Antes de iniciar as obras é preciso elaborar uma lista de material de construção para reformar apartamento, atitude que vai ajudar a economizar e a garantir a qualidade do serviço.

materiais para reformar apartamento
Lista de material de construção para reformar apartamento – Cozinha, Sala, Banheiro, Área de Serviço (Foto: Pixabay)

Além da redução dos custos e de vários outros benefícios, fazer uma lista de materiais para reforma de apartamento também pode contribuir para que a obra seja mais rápida, com a rotina voltando ao normal na residência em pouco tempo.

Não sabe o que colocar na lista? A seguir vamos apresentar alguns itens que não podem faltar na sua lista de materiais de construção, divididos entre os cômodos do apartamento.

Material para reformar Cozinha

A cozinha é, hoje em dia, uma das áreas mais valorizadas da residência. Com isso, uma reforma pode deixar o ambiente ainda mais bonito e funcional, tendo como inspiração diferentes tipos de projetos (cozinha americana, cozinha planejada, etc).

materiais para reformar apartamento
Reformando a cozinha (Foto: Pixabay)

Para esse cômodo, a lista pode incluir itens como:

  • Pia
  • Bancada
  • Armários
  • Gavetas
  • Puxadores
  • Luminárias
  • Fios
  • Tomadas
  • Piso novo à sua escolha

Material para reformar Sala

Na reforma da sala, é comum fazer algumas modificações para aumentar o espaço, mudar a TV de lugar, instalar um painel ou estante, rebaixar o teto e trocar as cores da parede, entre outras coisas.

materiais para reformar apartamento
Reformando a sala (Foto: Pixabay)

Nesse caso, você vai precisar de materiais como:

  • Gesso (para rebaixar o teto)
  • Tinta
  • Painel
  • Estante
  • Materiais elétricos para novas instalações (fios, tomadas, apagadores, etc)

Material para reformar Banheiro

Já no banheiro, a reforma pode incluir ações como a colocação de uma banheira, a instalação de box e novos armários ou bancada, a troca da pia e até mesmo do vaso sanitário, além de outras alterações.

materiais para reformar apartamento
Reformando o banheiro (Foto: Pixabay)

A lista deve trazer:

  • Pia
  • Cuba
  • Vaso sanitário
  • Banheira
  • Box (material a sua escolha)
  • Bancada
  • Armários
  • Nichos
  • Piso diferente
  • Revestimento
  • Tinta
  • Torneiras (de parede, de bancada, giratória, automática, etc)
  • Chuveiro
  • Ducha
  • Ralos

Material para reformar Área de Serviço

Espaço onde você lava as roupas, guarda os materiais de limpeza e realiza outras atividades, a área de serviço também pode ganhar novos ares com uma pequena reforma, na qual dá até para consertar vazamentos e trocar itens antigos, por exemplo.

materiais para reformar apartamento
Reformando a área de serviço (Foto: Pinterest)

Para reformar a lavanderia, como essa parte da casa também é conhecida, vamos precisar dos seguintes materiais:

  • Tanque
  • Torneiras (para máquina de lavar, de parede e outras)
  • Registro
  • Massa
  • Tinta
  • Varal
  • Corda
  • Prateleiras
  • Ralos

Outros itens importantes

Esses são apenas alguns itens básicos que podem estar presentes na lista de material de construção para reformar apartamento. A lista completa vai depender do tipo de mudanças que você pretende fazer, e nesse caso, a dica é procurar a ajuda de um arquiteto, para elaborar o projeto e informar os materiais necessários conforme as suas preferências.

Veja outros materiais que podem ser incluídos na lista de reforma:

  • Portas
  • Janelas
  • Tubos
  • Conexões
  • Cimento
  • Areia
  • Brita
  • Caixas de luz
  • Madeira
  • Tijolos
  • Cabos
  • Parafusos
  • Azulejos
  • Porcelanato
  • Pastilhas

As quantidades de cada material também são definidas pelo projetista.

 

FONT: https://www.tudoconstrucao.com/lista-de-material-de-construcao-para-reformar-apartamento-cozinha-sala-banheiro-area-de-servico/

limpeza de obras - plantas de casas

Em um canteiro de obras, sua organização diz respeito a melhor forma de arranjar os materiais e equipamentos de construção, de modo a facilitar o acesso a tais artigos e, consequentemente, o trabalho da equipe envolvida com a construção da sua casa. A parte da limpeza significa fazer o descarte correto de tudo que não for necessário no local de trabalho e cumprir as demandas de higienização para que as condições de sanidade no ambiente estejam ótimas. Mas por que iniciativas como essas devem estar em alta nesses espaços? Leia mais a seguir e descubra os benefícios da limpeza e da organização na construção.

Previna os acidentes

A boa arrumação e a higiene no local de trabalho servem como alguns dos mais importantes fatores para prevenir que acontecimentos indesejáveis surjam nesses espaços, como acidentes por ter tropeçado em ferramentas, escorregões em pisos onde havia sujidades ou água, entre outros casos desta espécie. Quando as ferramentas e os equipamentos de proteção estão bem organizados, os trabalhadores podem acessá-los facilmente para uso, devendo seguir a regra de recolocá-los nos devidos locais de armazenamento.

Evite problemas de saúde

Além disso, manter corredores e acessos livres de objetos permite a agilidade no atendimento de primeiros socorros e a rápida evasão do lugar, no caso de uma emergência inesperada, tal qual um incêndio ou mesmo acidente por falta de atenção. Não haverá quedas ou tropeções no meio do caminho. E o excesso de poeira nos locais e na atmosfera, por exemplo, também poderá causar problemas respiratórios nos trabalhadores.

Evite o desperdício

Quanto mais arrumados e bem guardados estiverem as matérias-primas, como cimento, areia, seixos, e o que mais for usado na obra, menor será o risco de perda do material, diante da proteção que estiver sendo proporcionada. Também será possível ter maior controle de saídas e quantidade remanescente, de forma que se possa conter tanto o desperdício de itens quanto as novas aquisições desnecessárias.

Diminua a poluição ambiental

Vale dizer que muitos e muitos quilos de entulhos e diversos resíduos da construção civil são diariamente despejados em aterros clandestinos, abandonados nas imediações das obras ou mesmo despejados nas ruas e avenidas próximas, sem que sejam tomadas quaisquer medidas de precaução e zelo pelo meio ambiente. Quando se implementa uma boa prática de limpeza e agrupamento do lixo, fazendo a coleta e separação adequada dos materiais, parte dele pode ser destinada à reciclagem e demais restos podem cumprir uma destinação mais apropriada.

Poupe o retrabalho da equipe de construção

As sujidades no ambiente de trabalho e a falta de organização, além de aumentarem o risco de acidentes e problemas de saúde, podem proporcionar situações em que aconteça um declínio relevante de produtividade dos operários. Os tempos de deslocamento serão mais extensos, e as preocupações para não escorregar ou tropeçar nas peças serão uma constante, de forma que existirá uma permanente tensão no lugar de trabalho.

Impeça o atraso na execução dos serviços

O conjunto de fatores anteriormente visualizados, inclusive, poderá gerar atrasos importantes na entrega da obra, de forma a não cumprir com os prazos estabelecidos no planejamento inicial do serviço.

A organização e os métodos de limpeza dos ambientes da construção devem fazer parte do seu planejamento da construção. Não perca tempo e mais dinheiro, nem coloque em risco as vidas humanas que trabalham para erguer a edificação.

FONT:https://www.plantasdecasas.com/entenda-importancia-manter-organizacao-limpeza-construcao/

Antes de planejar a arquitetura do espaço reservado para o seu home office, o ideal é preparar a casa e a família para que tudo aconteça do jeito certo. Algumas dicas muito importantes, nesta etapa, você pode conferir abaixo:

Converse com sua família

Avise às pessoas que moram com você que precisará de um tempo durante o dia, que será usado exclusivamente para o trabalho. Por isso, você conta com a cooperação de todos para que não haja barulho excessivo e nem interrupções que não sejam importantes. Isso é essencial para que vocês possam, em conjunto, criar uma rotina que favoreça todos os habitantes da casa. Além disso, se você mora em apartamento e for precisar receber materiais constantemente, o ideal é avisar os porteiros sobre a frequência.

Estabeleça um horário

Estabelecer um horário de trabalho, como se você estivesse em um escritório fora de casa, é essencial para organizar o tempo de afazeres e o tempo de descanso. Não adianta nada trabalhar em casa se você sai o tempo inteiro para assistir TV, brincar com os filhos / o cachorro ou fazer outras coisas e deixa tudo para a última hora.

Ao mesmo tempo, não é legal ficar trabalhando além da conta e se esquecer de ter um tempo para si, certo? Por isso, o melhor a se fazer é estipular um período certo de trabalho para que você tenha tempo para a família e amigos e que, assim, não haja nenhum prejuízo na sua vida e na rotina. Estipulado esse tempo, tenha disciplina e trabalhe conforme o planejado, sem descumprir o combinado!

Trabalhar de pijama? Nem pensar!

Não é porque você ficará em casa que tem que passar o dia todo de pijama: isso só vai ajudar a aumentar a preguiça de começar o trabalho. Não quer dizer que você tenha que colocar sapato fechado e terno, mas uma roupa razoável para trabalhar em um ambiente organizado, limpo e que tenha uma arquitetura planejada para isso.

SEGUNDO PASSO: EXECUTANDO A ARQUITETURA DO HOME OFFICE

Agora que já está tudo acertado, é hora de colocar a mão na massa e organizar a arquitetura do seu ambiente. Siga as nossas dicas:

Procure móveis ergonômicos

Conforto é tudo neste caso, principalmente porque você vai passar boas horas do dia dentro do mesmo lugar. Aposte em móveis ajustáveis e que proporcionem o máximo de conforto para você, evitando as dores musculares e de coluna ? foque principalmente na cadeira e na posição da tela do seu computador.

Dê ‘respiro’ ao ambiente

Seja organizado: planeje a disposição dos móveis e também dos elementos, como papelaria e outros. Além disso, que tal incrementar a decoração da sua arquitetura com plantas? Elas, com certeza, ajudarão a dar uma energia positiva para o ambiente. Caso queira saber mais sobre organização de um ambiente com energias positivas, leia nosso texto sobre Feng Shui.

Aproveite a iluminação natural e planeje a luz artificial

Por mais iluminado que seja um ambiente, nada substitui o bom uso da iluminação natural para trazer vida a qualquer projeto de arquitetura. Existem muitas formas de fazer com que a iluminação do sol invada o seu ambiente de uma forma equilibrada e estilosa: leia mais sobre o aproveitamento máximo da iluminação aqui. Além disso, use luminárias e pontos de luz artificial estratégicos pelo ambiente, de forma a deixá-lo bem iluminado, mas sem cansar a visão.

Escolha os aparelhos eletrônicos que farão parte do seu ambiente

Não dá para ficar longe da tecnologia, certo? Por isso, escolha bem os aparelhos que serão as ferramentas para o seu trabalho, sejam eles um computador, tablete, celular, impressora, Wi-Fi, telefone (tenha uma linha diferenciada!), scanner, fax ou qualquer outro. Utilize aparelhos que sejam bons para as suas necessidades, não os de última geração que atendem às necessidades diferentes das suas.

Pense em um espaço para descanso

Trabalhar sem parar cansa e pode ser prejudicial à saúde. Por isso, é importante reservar um espaço para que você tenha um momento de descanso, como uma poltrona e um travesseiro. Com uma ou meia hora de repouso, a produtividade aumenta efetivamente.

No planejamento da arquitetura de um home office, o importante planejar o ambiente para que sejam destacados o conforto e a privacidade, de forma que o trabalho seja melhor desempenhado. Para isso, procure um arquiteto e veja como ele pode lhe auxiliar no seu projeto!

 

FONT: https://ledmoveis.com.br/arquitetura-criando-um-escritorio-dentro-de-casa/

Lajes alveolares são pré-fabricados de concreto que realizam função de laje. Confira o que é laje alveolar, suas características, vantagens e desvantagens.

Lajes alveolares são produtos pré-fabricados de concreto que realizam a função de laje. Seu formato característico está na presença de vãos internos, os alvéolos, que dão o nome.

Sua altura pode variar de 9 a 30 cm, com largura constante de 1,24 m e vãos livres que podem chegar aos 20 m.

Nos itens a seguir, iremos conferir mais alguns detalhes a respeito dessa opção construtiva.

Características da laje alveolar

As lajes alveolares são executadas com uma capa de concreto armado sobre elas, promovendo a solidarização e transferência de cargas entre partes distintas e juntas entre painéis. Cada painel pode possuir a resistência à compressão simples de 40 MPa, sendo produzido em concreto protendido com baixa relação água-cimento, em ambiente altamente industrializado, pensando em cura e outros critérios relevantes para assegurar a resistência mecânica requerida.

Laje alveolar
Montagem de uma laje alveolar

Como outros produtos pré-moldados em concreto, a laje alveolar exige cuidado com seu içamento e instalação. Esse cuidado inclui a especificação de equipamentos capazes de movimentar peças com essas dimensões, bem como com a segurança dos trabalhadores do canteiro.

O uso desse tipo de laje ocorre em diversas aplicações comerciais, inclusive de grande responsabilidade estrutural, estando em estacionamentos, shoppings centers, hospitais, supermercados, depósitos e outros. Esses empreendimentos exigem, inclusive, cronogramas de obra mais enxutos, a fim de que comecem a promover rentabilidade aos investidores mais cedo, fator que conta pontos para uma solução em pré-moldados.

Vantagens da laje alveolar

A utilização de lajes alveolares apresenta as seguintes vantagens:

  • Sustentabilidade: Aproveitando melhor as características mecânicas da laje, elas exigem menos volume de concreto do que uma laje maciça de mesma espessura, em função dos alvéolos. A produção industrial gera menos resíduos e demanda menos mão de obra no canteiro.
  • Padronização: Produtos industriais apresentam maior estabilidade dimensional e controle em sua produção. Dessa forma, em um dimensionamento estrutural, diminui-se a parcela do coeficiente de variabilidade do material do elemento estrutural.
  • Cronograma: conforme mencionado, consegue-se entregar com maior rapidez um empreendimento, caso seja relevante essa característica.

Desvantagens da laje alveolar

Por outro lado, ocorrem as seguintes desvantagens:

  • Concretagem: apesar de serem peças grandes e padronizadas, de forma similar ao que ocorre com tavelas cerâmicas e vigotes, por exemplo, não é dispensada uma etapa de concretagem in loco, que reduz a racionalização do processo de construção da laje com esse serviço adicional e de cunho manual. Também não se dispensa ou o serviço de uma central de armadura, ou a aquisição de telas soldadas prontas para a armadura da laje.
  • Exigência de equipamentos: em se tratando de peças grandes, o içamento e posicionamento no local correto exige que os módulos da laje venham com armadura para flexão durante içamento (já dimensionada) e equipamentos de maior porte, como gruas, para correto posicionamento. Equipamentos mais simples como elevadores verticais e guinchos tornam-se insuficientes.
  • Prazo de entrega: autores de periódicos internacionais na área de construção civil citam experiências de outros países com pré-moldados, onde há empresas construtoras que sentem ser exigida maior organização no cronograma em função dos prazos de produção e transporte das peças e dessa adequação aos serviços que permanecem sendo realizados no canteiro.
  • Localização: se na cidade ou região em que a obra for realizada não existir uma empresa que trabalhe com essa forma de pré-moldado, pode fazer com que esse insumo se torne muito caro. É preciso comparar bem com outras alternativas antes da tomada de decisão do sistema construtivo para lajes.

FONT: https://www.escolaengenharia.com.br/laje-alveolar/

Back To Top