skip to Main Content
(11) 3637-1488 Whatsapp Fale Conosco
Trilhos Aparentes

Iluminação

  • 13 de agosto de 2020

Por: Arquiteta Leticia Nóbrega   Vamos falar de: Iluminação Um bom projeto de iluminação pode mudar um ambiente por completo, criar diversos cenários e valorizar os itens de decoração e a arquitetura. Para isto, temos alguns tipos de luminárias para…

Leia mais

Paginação Revestimentos

  • 12 de agosto de 2020

Por: Arquiteta Isabelle Martins A primeira pergunta é, o que é paginação? Paginação são os encaixes das peças, ou seja, como elas serão assentadas no piso ou nas paredes definindo um desenho específico. Essa definição é estabelecida no projeto e…

Leia mais

Área de lazer pequena: 20 projetos, modelos e fotos

  • 8 de abril de 2020

Área de lazer pequena: 20 projetos, modelos e fotos Saiba como decorar uma área de lazer pequena com ideias de projetos selecionados O espaço de lazer não necessita de um amplo terreno para instalar os itens recreativos para relaxar e…

Leia mais

Varanda gourmet, Varanda integrada – Aproveitando o espaço

  • 7 de abril de 2020

Varanda gourmet, Varanda integrada – Aproveitando o espaço O uso das varandas anda sofrendo uma grande transformação no passar dos anos, principalmente em apartamentos pequenos: Antes, muitas vezes até pouco usada, era uma área de descanso, com mesinhas, cadeiras e algumas plantas, foi…

Leia mais

21 materiais sustentáveis para uma obra ecologicamente correta

  • 6 de abril de 2020

O segmento da construção civil está entre os maiores poluidores do meio ambiente, mas há alternativas ecológicas no mercado   Arquitetura sustentável: 21 materiais para uma obra ou reforma ecologicamente correta (Foto: Ilustrações Fernanda Ferrari/Editora Globo) A crescente demanda por sustentabilidade atinge…

Leia mais

O estilo industrial já existe há alguns anos, mas nos últimos tempos chegou para ficar. Ele é um dos queridinhos dos profissionais de arquitetura e design de interiores, e também dos seus clientes, pois é um estilo que permite muita versatilidade.

Entre suas principais características, que o fazem ser facilmente reconhecido, estão os elementos crus e com aspecto mais rústico, como a madeira de demolição, os tijolos aparentes, pisos e paredes de cimento queimado, estruturas metálicas e tubulações aparentes, tudo remetendo a ambientes industriais mais antigos.

O interessante é que o design de interiores não obriga que você insira um estilo industrial completo nos ambientes. É possível utilizar alguns elementos e mesclar com outros estilos, de acordo com os gostos e necessidades de cada pessoa. Por exemplo, fica perfeito combinar o industrial com um estilo rústico, escandinavo, mediterrâneo ou minimalista.

O fato é que ideias não faltam para você se inspirar, como nessas lindas imagens que vai ver a seguir, de projetos assinados pelos profissionais cadastrados na homify.

1. Parede de tijolos com estante embutida

1. Parede de tijolos com estante embutida© homify / Mazorra Studio 1. Parede de tijolos com estante embutida

Os tijolinhos aparentes são um clássico, tanto do estilo rústico quanto industrial. Nos estilos escandinavo e mediterrâneo eles também aparecem, mas geralmente pintados de branco, suavizando o visual dos ambientes. Então, as duas ideias são válidas: cor natural e branco.

2. Loft moderno Pop Geek

2. Loft moderno Pop Geek© homify / INSIDE ARQUITETURA E DESIGN 2. Loft moderno Pop Geek

Esse projeto é de um loft que imprime um estilo de vida bastante moderno e criativo, repleto de informação e inspiração. Note, mais uma vez, a presença dos tijolos aparentes, mas agora eles são apenas um revestimento de papel de parede, o que torna mais fácil aplicar na sua reforma. Outra caraterística do industrial impressa nesse projeto são os canos de iluminação aparente e os trilhos com spots de luz percorrendo o teto.

3. Cozinha azul

3. Cozinha azul © homify / Studio Boscardin.Corsi Arquitetura 3. Cozinha azul

Essa linda cozinha é um ótimo exemplo para quem acha que o estilo industrial é composto por tonalidades mais neutras e escuras. Veja como funciona muito bem o azul com o branco, com destaque especial para esse teto com canalizações aparentes e sem forro, e também para o piso de azulejos portugueses.

4. Cozinha moderna

4. Cozinha moderna© homify / studio vtx 4. Cozinha moderna

Já se o seu gosto for por cozinhas modernas, repletas de tecnologia e elementos cromados, um modelo como esse é perfeito. A coifa bem moderna ganha bastante destaque ao lado da parede-lousa. Nessa opção, os elementos que também remetem ao estilo industrial são os canos de energia aparentes, junto com o uso do cinza e do preto.

5. Espaço gourmet com toque industrial

5. Espaço gourmet com toque industrial© homify / Nova Arquitetura e Interiores 5. Espaço gourmet com toque industrial

Um piso bem lisinho, uma mesa com bancos estilo refeitório, as luminárias pendentes, a pintura escura da estrutura principal e também os azulejos na rodabanca da pia são os principais elementos que fazem esse espaço gourmet ter cara de industrial.

6. Garagem reformada

6. Garagem reformada © homify / Studio Pedro Galaso 6. Garagem reformada

Esse projeto é da reforma de uma garagem que se transformou em um espaço multifuncional com área de tv, bar, academia e mesa de jogos. Conta com paredes de cimento e um detalhe central de tijolinhos, além do teto sem forro em madeira natural. Já o mobiliário é mais moderno e bastante funcional, e a combinação ficou perfeita.

7. Sala de jantar

7. Sala de jantar© homify / Casa Container Marilia – Arquitetura em Container 7. Sala de jantar

O que você acha que fazer todas as paredes e também o teto com madeira de demolição, inclusive mantendo o efeito desbotado das tintas de cores variadas? Se gosta da ideia, mas não tinha ideia de como pode ficar, esse lindo projeto é a prova de que o estilo industrial ganha diversos conceitos criativos.

8. Cozinha funcional

8. Cozinha funcional © homify / Fark Arquitetura e Design 8. Cozinha funcional

Essa cozinha foi projetada para um evento específico, e tinha o objetivo de apresentar ideias funcionais garantindo toda a beleza e o aconchego que esse cômodo necessita para as atividades ali exercidas. Essa ideia de deixar utensílios pendurados à mostra também contribui para um ar industrial ao ambiente junto com os materiais de inox e madeira.

9. Sala multifuncional

9. Sala multifuncional© homify / Mirá Arquitetura 9. Sala multifuncional

Você já viu antes modelos de projetos com características do estilo industrial que são mais pesados e intensos, e agora pode comprovar como é possível deixar uma sala de tv e estar bastante leve aproveitando elementos como uma parede de tijolos em tons mais homogêneos e claros, junto com trilhos e spots de luz pintados de branco.

10. Sala de tv cinza

10. Sala de tv cinza© homify / PM Arquitetura 10. Sala de tv cinza

Mesmo quando a parede não é de cimento queimado, é possível remeter ao estilo industrial fazendo uma pintura num cinza grafite e complementar com detalhes em branco, preto e marrom, como nesse maravilhoso painel para a sala, que também conta com os canos de energia aparentes e vigas de cimento rebocado sem pintura.

 

FONT: https://www.msn.com/pt-br/noticias/lifestyledecor/10-maneiras-de-inserir-o-estilo-industrial-na-sua-casa/ar-BB103JVP

Qual o tapete ideal para cada cômodo?

 

Qual o tapete ideal para cada cômodo?

Questionamento pode ser respondido com uma peça num formato adequado e tecido com o tamanho da pelugem

Essa é uma pergunta que sempre vem a tona quando vamos compor uma decoração com um tapete. Será que existe um modelo indicado para cada tipo de ambiente? Que orna melhor com o piso que eu coloquei na minha casa? Acredite! Existe sim um tapete ideal para cada cômodo. Tudo isso vai depender do piso, do local escolhido, do formato do ambiente… São detalhes que precisam ser analisados cuidadosamente antes de qualquer tomada de decisão.

Vamos mostrar nesse texto tapetes ideais para a sala de jantar, para o quarto, para as cozinhas, banheiros. Se você não gosta tanto assim de tapetes em todos os cômodos, essas especificações vão te ajudar a escolher o mais correto. Chega de falar somente por cima e vamos ao que interessa: detalhes!

Tapetes para a cozinha

Aqui você deve dispensar qualquer tapete que seja peludo demais ou solte fiapos. Como o local precisa ser o mais higiênico possível, qualquer peça que possa vir a soltar pelos deve ser descartada. Prefira passadeiras ralinhas e de material resistente, como se fosse um capacho. Elas são melhores para cozinha. Ah! Também evite que ela obstrua qualquer passagem. Um bom lugar é embaixo da pia.

c1

c2

Tapetes para o banheiro

Aqui os tapetes precisam ser pequenos. Colocá-los na saída do box evita o molha molha no ambiente. Por isso, prefira tapetes que tenham boa absorção e secam rápido. Isso evita o cheiro de molhado desagradável. Como os banheiros costumam ser pequenos, não abuse da quantidade. Modelos quadrados são mais indicados para o espaço.

b2

b3

Tapetes para salas

Aqui, em primeiro lugar, é bom fazer uma distinção: sua casa tem piso frio ou carpete de madeira? Após analisar essa questão, parte para as escolhas, pois indicamos que seja feito assim: tapetes mais felpudos para pisos frios e tapetes com menos pelos para carpetes de madeira. Isso se deve por conta do aquecimento. Um tapete muito felpudo no carpete de madeira e em dias quentes acaba tornando a sua casa um forno, portanto, ter parcimônia é a melhor indicação. Tapetes quadros ou retangulares são modelos mais indicados.

t1

 

t3

t7

Tapetes para o quarto

Aqui os tapetes redondos cabem com mais classe. Em alguns casos, mas nunca descartando outras opções. A linha para o tamanho dos fios segue a mesma base da sala: depende mais do piso.

FONT: https://www.imovelweb.com.br/noticias/dicas-2/qual-o-tapete-ideal-para-cada-comodo/

Ambientes monocromáticos: quando uma cor só é o suficiente

 

19 10 – Ambientes monocromáticos quando uma cor só é o suficiente

Os ambientes monocromáticos costumam ser a preferência de muitos arquitetos e designers de interiores. A estética de um ambiente monocromático é sofisticada e ao mesmo tempo, cria-se um efeito onde o equilíbrio de cores é principal responsável pelo impacto visual. Esta tendência nunca esteve tão em alta como o ano de 2018, onde especialistas apostam no uso das cores como o elemento principal de um projeto de decoração. O primeiro passo é a escolha da cor e neste processo, é essencial levar em consideração o estilo da casa e a personalidade de quem vive ali.

Uma vez escolhida, o projeto de arquitetura transforma a tonalidade em protagonista, uma vez que é a cor quem vai determinar a escolha dos materiais da obra como revestimentos e mobiliário. O foco principal é não deixar o ambiente monótono e para isso, são necessários alguns cuidados especiais como, por exemplo, o uso de texturas e nuances levemente distintas. A sobreposição de cor em tons diferentes ou a mesma cor em tons semelhantes cria uma experiência de design envolvente, tão elegante quanto inesperada.

 

Os ambientes monocromáticos causam impacto e criam uma atmosfera sofisticada na casa. Veja como usar.

Verde em tons claros para refrescar os ambientes

Utilizar a tonalidade de verde claro para decorar ambientes é uma maneira eficaz de tornar tudo mais fresco e proporcionar indiretamente uma aconchegante sensação de contato com a natureza. Os tons mais claros como o verde água ou o sweet mint, por exemplo, fazem uma combinação equilibrada de dois elementos da natureza, por isso esta emoção se torna possível. A cor transmite leveza e harmonia e justamente por isso, pode ser usada sem restrições nas paredes e no piso, nos acessórios, nos objetos decorativos e na mobília.

Ambientes majoritariamente pretos são sofisticados e elegantes

Fazer uso do preto é sem dúvida uma maneira de arriscar na decoração e sair do óbvio. A escolha pelo “all black” é atemporal, versátil e cria um impacto visual imponente, elegante e muito sofisticado na casa. Para que o espaço não fique visualmente carregado e escuro, o projeto de arquitetura deve considerar uma verdadeira harmonização entre piso, paredes, texturas, revestimentos especiais e outros materiais, além de fazer o uso equilibrado de nuances mais claras como o cinza.

 

Damasco ou laranja apricot esquentam os espaços

Fonte: Casa Vogue

A cor laranja agrega um estilo tropical e energético à decoração de interiores. Para criar um equilíbrio perfeito aposte na combinação de tons terrosos, como castanho ou acabamento amadeirado. Outro elemento decorativo que deixa o espaço mais interessante são os revestimentos com desenhos especiais, sem dúvida uma forma de garantir um projeto decorativo surpreendente.

 

Espaços brancos criam efeito visual de amplitude

Não tem como errar: usar a cor branca de forma monocromática nos ambientes da casa garantem espaços com leveza e equilíbrio. O branco reflete muito bem a luz natural e amplia os espaços, além de dar leveza e transmitir higiêne e delicadeza.

 

FONT: https://tanto.com.br/ambientes-monocromaticos/

Pensando em aumentar o tamanho da sala, instalar novos armários na cozinha, mudar o visual do banheiro e melhorar a área de serviço? Antes de iniciar as obras é preciso elaborar uma lista de material de construção para reformar apartamento, atitude que vai ajudar a economizar e a garantir a qualidade do serviço.

materiais para reformar apartamento
Lista de material de construção para reformar apartamento – Cozinha, Sala, Banheiro, Área de Serviço (Foto: Pixabay)

Além da redução dos custos e de vários outros benefícios, fazer uma lista de materiais para reforma de apartamento também pode contribuir para que a obra seja mais rápida, com a rotina voltando ao normal na residência em pouco tempo.

Não sabe o que colocar na lista? A seguir vamos apresentar alguns itens que não podem faltar na sua lista de materiais de construção, divididos entre os cômodos do apartamento.

Material para reformar Cozinha

A cozinha é, hoje em dia, uma das áreas mais valorizadas da residência. Com isso, uma reforma pode deixar o ambiente ainda mais bonito e funcional, tendo como inspiração diferentes tipos de projetos (cozinha americana, cozinha planejada, etc).

materiais para reformar apartamento
Reformando a cozinha (Foto: Pixabay)

Para esse cômodo, a lista pode incluir itens como:

  • Pia
  • Bancada
  • Armários
  • Gavetas
  • Puxadores
  • Luminárias
  • Fios
  • Tomadas
  • Piso novo à sua escolha

Material para reformar Sala

Na reforma da sala, é comum fazer algumas modificações para aumentar o espaço, mudar a TV de lugar, instalar um painel ou estante, rebaixar o teto e trocar as cores da parede, entre outras coisas.

materiais para reformar apartamento
Reformando a sala (Foto: Pixabay)

Nesse caso, você vai precisar de materiais como:

  • Gesso (para rebaixar o teto)
  • Tinta
  • Painel
  • Estante
  • Materiais elétricos para novas instalações (fios, tomadas, apagadores, etc)

Material para reformar Banheiro

Já no banheiro, a reforma pode incluir ações como a colocação de uma banheira, a instalação de box e novos armários ou bancada, a troca da pia e até mesmo do vaso sanitário, além de outras alterações.

materiais para reformar apartamento
Reformando o banheiro (Foto: Pixabay)

A lista deve trazer:

  • Pia
  • Cuba
  • Vaso sanitário
  • Banheira
  • Box (material a sua escolha)
  • Bancada
  • Armários
  • Nichos
  • Piso diferente
  • Revestimento
  • Tinta
  • Torneiras (de parede, de bancada, giratória, automática, etc)
  • Chuveiro
  • Ducha
  • Ralos

Material para reformar Área de Serviço

Espaço onde você lava as roupas, guarda os materiais de limpeza e realiza outras atividades, a área de serviço também pode ganhar novos ares com uma pequena reforma, na qual dá até para consertar vazamentos e trocar itens antigos, por exemplo.

materiais para reformar apartamento
Reformando a área de serviço (Foto: Pinterest)

Para reformar a lavanderia, como essa parte da casa também é conhecida, vamos precisar dos seguintes materiais:

  • Tanque
  • Torneiras (para máquina de lavar, de parede e outras)
  • Registro
  • Massa
  • Tinta
  • Varal
  • Corda
  • Prateleiras
  • Ralos

Outros itens importantes

Esses são apenas alguns itens básicos que podem estar presentes na lista de material de construção para reformar apartamento. A lista completa vai depender do tipo de mudanças que você pretende fazer, e nesse caso, a dica é procurar a ajuda de um arquiteto, para elaborar o projeto e informar os materiais necessários conforme as suas preferências.

Veja outros materiais que podem ser incluídos na lista de reforma:

  • Portas
  • Janelas
  • Tubos
  • Conexões
  • Cimento
  • Areia
  • Brita
  • Caixas de luz
  • Madeira
  • Tijolos
  • Cabos
  • Parafusos
  • Azulejos
  • Porcelanato
  • Pastilhas

As quantidades de cada material também são definidas pelo projetista.

 

FONT: https://www.tudoconstrucao.com/lista-de-material-de-construcao-para-reformar-apartamento-cozinha-sala-banheiro-area-de-servico/

Back To Top