skip to Main Content
(11) 3637-1488 Whatsapp Fale Conosco

Concreto Protendido em Projetos Residenciais

Além da segurança estrutural proporcionada pela protensão, este sistema permite maior liberdade criativa no que se refere à estética e ao design da residência. Veja em nosso post a seguir como a protensão do concreto em residências é uma solução excelente para quem quer optar pela segurança sem abrir mão da elegância em seu projeto residencial.

O concreto protendido para construção predial em residências

A principal vantagem da protensão do concreto, no que tange a parte estética, é a redução da seção da viga. Isso significa que o vigamento exposto na construção não requer seu recobrimento, como é o caso do concreto armado. Dessa forma, os arquitetos podem desenhar vãos livres e pórticos, característicos da arquitetura brasileira moderna.

As ancoragens do vigamento em sistemas de protensão são pequenas e baratas. Além de tornar o ambiente construído muito mais moderno e amplo, este método reduz custos e traz maior sustentabilidade à obra.

Desde sua introdução ao mercado brasileiro em 1997, o concreto protendido para construção predial teve maior aceitação em edifícios residenciais. As principais razões para este sucesso são a praticidade e simplicidade do sistema de protensão no que se refere aos materiais e serviços.

As vantagens do concreto protendido para construção predial

Em relação ao concreto armado, a principal vantagem do sistema de protensão é a ausência da formação de fissuras na superfície do concreto, reduzindo seu custo de manutenção. Ou seja, o concreto protendido tem maior resistência a altos esforços de tração, não obstante sua facilidade de manuseio.

A praticidade do sistema de protensão não se resume ao seu transporte. As cordoalhas de aço, engraxadas e plastificadas, são muito resistentes à degradação que pode ocorrer no canteiro de obras. Além disso, a facilidade de manuseio torna o processo construtivo muito mais eficiente.

O posicionamento dos cabos nas cotas é feito com apoio das “cadeirinhas”, que são peças de plástico ou aço que servem como guias para o cabeamento correto. Para erguer os cabos até seu ponto final, são usados macacos hidráulicos que pesam em torno de 19 kg com o auxílio de bombas hidráulicas pequenas (35 kg). Ambos são leves e fáceis de transportar.

Para protender o concreto, é realizada uma só elevação. Uma vez que a bainha de plástico é ajustada à cordoalha, não existe a etapa de injeção de pasta de cimento para prender os cabos, o que reduz custos operacionais e com matéria prima na construção.

Por esses motivos, o sistema de protensão do concreto permite maior organização tanto da logística quanto do canteiro de obras, quando comparado ao concreto armado simples. Em outras palavras, o concreto protendido otimiza o uso dos recursos, tornando a obra mais sustentável e eficiente energeticamente.

Depois de implantadas, as construções de concreto protendido têm entre suas vantagens a redução do custo de manutenção, pois o concreto fissura menos. Também, em razão da menor ancoragem necessária para o vigamento, há um ganho em áreas úteis, que podem se refletir em maiores garagens nas residências, por exemplo.

Exemplos de residências que usam concreto protendido em seus projetos

Há vários exemplos de obras da arquitetura brasileira que usam o concreto protendido como base. Entre elas, destacam-se o Museu de Arte de São Paulo (MASP) com seu enorme vão livre e o Museu Oscar Niemeyer em Curitiba. A principal característica – dos vãos livres – é seguida para a construção de casas.

Um exemplo disso é esta residência no interior do Paraná, que utilizou a técnica de protensão do concreto para resolver o problema da inclinação do terreno onde a casa foi construída. Além da grande segurança estrutural, o projeto, com design moderno, preservou a topografia, reduzindo o impacto ambiental e proporcionando grande prazer estético para seus habitantes.

o uso concreto protendido em projetos residenciais

Assim, o concreto protendido em projetos residenciais ainda é uma tendência a ser explorada no mercado da construção civil brasileiro. A técnica, além de trazer maior confiabilidade estrutural, traz maior organização e eficiência no uso dos recursos da obra, o que melhora muito a sustentabilidade da construção.

FONT: https://awacomercial.com.br/blog/concreto-protendido-em-projetos-residenciais/

Saiba tudo sobre a pedra DEKTON

De uns anos pra cá nossas casas passaram a ter mais opções de pedras para pisos, bancadas de cozinhas/banheiros…, além das tradicionais pedras naturais: mármore e granito que estávamos acostumados a usar.
Essas pedras são chamadas de: industrializadas, artificiais ou sintéticas, pois utilizam partículas de materiais naturais (mármores, granito, areia de quartzo…) misturados a agentes aglutinantes, o que resulta num produto mais resistente (a umidade, calor, manchas, riscos, impacto) e com uma variedade de cores enorme – características difíceis de serem garantidas em pedras naturais.
Existem diversos tipos de pedras industrializadas: Silestone, Corian, Quartzo Stone…consideradas pedras resistentes, mas que requerem alguns pequenos cuidados como: não colocar panelas quentes sobre elas, não usá-las em áreas externas devido aos raios ultra violeta….
Enfim, limitações que não existem na mais nova pedra industrializada do mercado: o Dekton!

Dekton é uma pedra industrializada do grupo Cosentino (proprietária do Silestone também) lançada em 2014 no Brasil – composta de 93% de quartzos e 7% de resinas prensadas com um peso de 12 mil toneladas e, devido à temperatura elevada a mais de 12 mil graus Celsius que aumenta a pressão para 25 mil toneladas, a resina que une os quartzos e torna o produto mais frágil é eliminada, ou seja, ele se torna em material puro, ultra compactado e super resistente – características diferenciadoras do Dekton e um dos grandes diferenciais deste produto, pois através desse procedimento é possível acelerar as alterações metamórficas que uma pedra natural sofre ao ser exposta durante milênios à alta pressão e à alta temperatura!

Vantagens do Dekton:

– Resistente aos raios UV: a superfície Dekton é altamente resistente à luz dos raios ultravioleta (UV) e não sofre alterações de cor ao longo do tempo, o que a torna perfeita para aplicações no interior e no exterior/fachadas.
– Resistente a riscos: é a superfície mais resistente a riscos no mercado e, apesar de o contacto de uma faca não danificar a superfície Dekton, recomendamos a utilização de tábuas de cortar para proteger os seus utensílios domésticos.
– Completamente resistente a manchas: enquanto outras superfícies são resistentes a manchas, a Dekton é completamente à prova de manchas. Até as manchas mais difíceis de remover, como vinho, café, marcadores ou ferrugem, podem ser removidas facilmente desta superfície. E uma vez que a superfície Dekton possui uma porosidade extremamente baixa e não contém resinas, é também resistente a químicos. Pingas ou gotas de químicos que normalmente utilizamos em casa, como lixívia e produtos para limpeza de canos ou de fornos, não serão prejudiciais para a superfície Dekton.
– Resistente ao calor: a superfície Dekton suporta temperaturas elevadas sem ficar queimada e sem rachar. É possível colocar panelas quentes ou eletrodomésticas como uma Crock Pot, diretamente na superfície sem qualquer perigo de danificar.
– Resistente a abrasão: o Dekton é ainda mais resistente à abrasão do que o granito, sendo, assim, a superfície ideal para aplicações comerciais e em áreas de elevado tráfego, como pavimentos. Enquanto outras superfícies apresentam sinais de desgaste ao fim de algum tempo, o acabamento da Dekton irá durar toda a vida útil do produto e nunca será necessário retocar a superfície ou o acabamento.
– Resistente ao frio: o coeficiente baixo de expansão térmica da superfície Dekton torna-a a prova de choque térmico, tanto em condições de calor extremo, como de frio extremo. A sua resistência natural ao gelo e ao degelo faz com que esta superfície seja perfeita para uma utilização nos ambientes mais frios.

– Resistente a flexão: com cinco vezes mais resistência à flexão do que o granito, a superfície Dekton pode ser instalada em materiais finos sobre grandes extensões, permitindo até 12 pol. (cerca de 30 cm) de colocação sem suporte em bancadas, ilhas e balcões. A elevada resistência à compressão da superfície Dekton faz com que esta seja o material ideal para caminhos, passeios e estradas.

– Estabilidade da cor: o processo de fabrico utilizado na superfície Dekton permite controlar a pigmentação e decoração do material. O resultado é uma maior resistência da cor em cada laje e um produto mais duradouro que não irá sofrer alterações ao longo do tempo. A superfície que instalar hoje irá manter a mesma aparência durante a vida útil do produto.

– Não poroso: o Dekton não é poroso e não é necessário impermeabilizá-lo. Ele previne naturalmente a penetração de líquidos e gases na sua superfície, tornando-a uma superfície de baixa manutenção e de fácil limpeza.

Além dessas vantagens, o Dekton possui chapas maiores (3,2m x 1,44m) que possibilitam o uso em grandes extensões sem emendas e espessuras diferentes que podem chegar até 8 milímetros, portanto, pode ser usado desde fachadas até móveis!

Confiram agora algumas opções de cores e texturas do Dekton que vão desde acabamento fosco passando por natural até gloss/brilhante!

E agora diversos ambientes decorados com Dekton!

Sala com lareira de Dekton Aura – ideal para essa finalidade, pois suporta altas temperaturas (até 300C) sem alterar cor dimensão e resistência! Projeto: Andréa Magalhães.
Cozinha com bancada de Dekton Domoos. Projeto: Gabriela Avila.

 

Lavanderia com Dekton Zenith na bancada. Projeto: Marilia Pellegrini.
Banheiro com paredes, piso e bancada de Dekton Aura – meu preferido!♥ Veja mais detalhes desse ambiente aqui! Projeto: Paola Ribeiro.
Fachada revestida de Dekton. Foto: Cosentino.

Fotos: Profissionais, Divulgação (+ info)

preço do Dekton é a partir de R$900,00. O valor varia conforme espessura e cor.

 

FONT: http://www.decorsalteado.com/2016/06/dekton-saiba-tudo-sobre-nova-pedra.html

Back To Top