skip to Main Content
(11) 3637-1488 Whatsapp Fale Conosco
Paginação Revestimentos

Paginação Revestimentos

  • Dicas

Por: Arquiteta Isabelle Martins

https://www.totalrc.com.br/wp-content/uploads/2020/08/trc-story-dicas-paginação-banheiro-resumo-07-08-2020.mp4

A primeira pergunta é, o que é paginação?

Paginação são os encaixes das peças, ou seja, como elas serão assentadas no piso ou nas paredes definindo um desenho específico. Essa definição é estabelecida no projeto e faz parte da ambientação do espaço para alcançar o visual desejado.

Além da estética, sua escolha também se relaciona ao orçamento da obra. Uma boa paginação, previne o desperdício de revestimentos, antecipando e dimensionando a quantidade de material necessário para cada tipo de paginação.

Existem diversos tipos de paginação e iremos mostrar os mais usados atualmente.

  1. Vertical:

  1. Usado com peças retangulares, essa paginação tem como base o eixo vertical. Esse tipo, alonga visualmente o ambiente, dando a sensação de aumentar o pé direito.

  2. Horizontal:

  1. Assim como a paginação vertical, a paginação na horizontal também é usada com peças retangulares, com base no eixo horizontal. Neste caso a sensação é de amplitude do ambiente.

Alinhado ou reto:

  1. Essa é forma mais tradicional, onde as peças estão dispostas lado a lado e alinhadas na superfície. Esse tipo de paginação traz uma sensação de regularidade e é mais econômica, pois necessita de menos cortes, desperdiçando menos material.

Transpasse ou Amarrado (tipo Tijolinho):

  1. Essa paginação consiste em peças instaladas lado a lado, mas deslocadas de modo a desencontrar os finais. A dimensão de transpasse varia de acordo com as dimensões das peças, podendo ir de 15% a 25% do tamanho total do revestimento. O resultado traz sofisticação e originalidade.

Dama ou trama:

  1. Esse tipo é mais indicado para revestimentos estreitos e menores. Para a paginação funcionar, existe uma relação importante de proporção. A quantidade de peças somadas precisa ter a mesma medida do comprimento da peça.

  2. Espinha de peixe (ou zig-zag):

  1. Nessa paginação as peças são colocadas na diagonal, intercalando na perpendicular entre elas. Por estarem dispostas a 45 graus, a perda de material é maior, porém o resultado ao mesmo tempo clássico e contemporâneo.

Escama de peixe:

  1. Para essa paginação as peças também são intercaladas e perpendiculares entre elas, porém estão dispostas no ângulo de 90 graus. O revestimento começa a ser colocado na horizontal e vai sendo alternado com peças na vertical.

 

 

 

Back To Top